URGENTE-PGR PEDE ARQUIVAMENTO DE ACUSAÇÕES CONTRA BOLSONARO E DETONA RELATÓRIO DE RENAN NA CPI DA COVID

“Convicções de Renan Calheiros tiveram caráter eminente político e foram baseadas em elementos probatórios frágeis”. 

“Inúmeras pessoas contaminadas nem sequer tiveram contato direto ou indireto com o Presidente da República, afastando a possibilidade de responsabilização por esse fato”.

Segundo a PGR, “quanto às aglomerações, o acúmulo de pessoas não pode ser atribuído exclusiva e pessoalmente ao Presidente da República. Todos que compareceram aos eventos noticiados, muito embora tivessem conhecimento suficiente acerca da epidemia de Covid-19, responsabilizaram-se, espontaneamente, pelas eventuais consequências da decisão tomada”.

(Lindôra Araújo)

Mais Notícias: Militante Miriam Leitão é Incapaz de Enxergar a Realidade e a Voz do Povo

1 Comentário


Deixe um comentário