Explosão de um Táxi em Liverpool foi Causada por Terrorista, diz polícia

A explosão de um táxi em Liverpool foi causada por terrorista, segundo afirmou a polícia local.

O taxista trancou o homem após perceber o passageiro estava com uma bomba para explodir em um hospital.

A explosão aconteceu dentro do veículo em frente a um hospital em Liverpool, no Reino Unido, neste domingo, e foi considerada pela polícia como um incidente terrorista executado com uma bomba caseira.

Até o momento a polícia não sabe as razões pelo atentado terrorista, segundo informou o diretor da polícia antiterrorista Russ Jackson.

O taxista, Davida Perry, foi declarado herói pela prefeita de LiverPool, Joanne Anderson, por ter deixando o suspeito trancado dentro do veículo.

A policial local recebeu uma chamada por volta das 11 horas (8 horas em Brasília), durante as comemorações pelas vítimas da guerra, e rapidamente intercedeu.

Veja Também: Prefeita Suéllen Rosim ENQUADRA Mc Donalds de Bauru por Banheiro “Multigênero”

Poucos metros da Catedral de Liverpool, centenas de soldados, veteranos e membros públicos estavam reunidos para receber uma homenagem.

A policial local informou que quatro homens foram detidos com base na lei antiterrorismo, porém o ato em si não foi considerado como terrorista nessa segunda-feira.

 

0 Comentários

Deixe um comentário