Argentina e Brasil têm 17 jogadores pendurados para o jogo de terça-feira

A Argentina e Brasil têm 17 jogadores pendurados para o próximo duelo, quatro meses depois da Final da Copa América no Rio de Janeiro, e dois meses depois do jogo suspenso em São Paulo pela ANVISA.

As duas seleções ainda têm uma partida para realizar, mas o reencontro é aguardado por todos.

As suas seleções estão bem nas Eliminatórias, o Brasil é líder com 31 pontos, e a Argentina tem 25 pontos.

Entretanto, as chances das duas equipes se enfrentarem com desfalques são grandes.

As duas seleções juntas somam 17 jogadores pendurados com cartão amarelo – segundo o regulamento das Eliminatórias para a Copa do Mundo no Catar, apenas dois cartões amarelos deixam o jogador em suspensão automática.

Veja Também: Atacante Dentinho deixa o Shakhtar Donetske retorna ao Brasil para analisar propostas

Os possíveis desfalques são de peso para as duas seleções, por isso a preocupação com os atletas que podem ser suspensos antes do Clássico.

O Brasil na próxima quinta-feira enfrenta a Colômbia, na Neo Química Arena, em São Paulo. Já a Argentina na sexta-feira enfrenta o Uruguai, em Montevidéu.

Pelo lado da seleção brasileira os jogadores pendurados são Marquinhos e Thiago Silva, o volante Casemiro, Lucas Paquetá, Gabriel Jesus, além de outros quatro jogadores.

Já pelo lado da seleção argentina os jogadores pendurados são Lionel Scaloni, Otamendi, Tagliafico, Rodrigo de Paul, Lo Celso e outros cinco jogadores.

Além disso, o treinador da seleção argentina não sabe se terá Messi a disposição, o atleta viajou e vai seguir tratamento com a seleção, mas sob protestos do PSG.

Sendo assim, a Argentina e Brasil têm 17 jogadores pendurados para o próximo jogo.

A Seleção Brasileira não fará reconhecimento de gramado

O Brasil não fará reconhecimento de gramado após desembarcar em San Juan, desde o inicio da pandemia essa prática está sendo realizado.

A delegação brasileira só viajará na véspera da partida em voo fretado, com previsão de chegada para 21 horas.  Depois do clássico, a seleção embarcará de volta para o Brasil, no encerramento da temporada de seleções em 2022.

 

0 Comentários

Deixe um comentário