A Importância da Corrida para as Mulheres

A prática de atividade física é um dos pilares para uma vida mais saudável. Pelo fato de ser uma prática ao ar livre e sem muitas exigências, é a favorita entre mulheres que não possuem muito tempo livre na agenda.

Além disso, a corrida não deixa a desejar e é uma prática completa, sendo uma solução de vida saudável e de emagrecimento e fortalecimento gradual.

A corrida atua espontaneamente na melhora da qualidade de vida das mulheres, indo da melhora física à mental, atuando contra o estresse e doenças como a depressão e a ansiedade. Por meio do fortalecimento muscular proporcionado por essa prática, a incidência de quedas é evitada, assim como lesões no corpo e a perda de dente, necessitando da adesão da prótese dentária.

Veja a seguir os benefícios e cuidados a essa prática em cada período da vida:

Corrida na adolescência

A prática de exercícios físicos na adolescência colabora com um estilo de vida mais saudável e a prevenção de danos e complicações futuras a saúde. É indicado que a prática comece desde a infância, incentivada pelos pais, porém, na adolescência se há o livre arbítrio e a escolha da melhor modalidade a se aderir.

É também na adolescência que alterações corporais e hormonais, pela progesterona e estrogênio, começam a acontecer. Esses hormônios citados começam a adquirir uma influência sobre a composição do corpo, além da condição emocional.

A prática da corrida atua no aumento da quantidade de serotonina no corpo, sendo considerada um medicamento natural as alterações do humor, tensão pré-menstrual e conflitos que são característicos dessa fase.

Veja Também: ARENA SBT: Novo Programa Esportivo Comandado por Benjamin Back

Corrida na fase adulta

No momento que o desempenho e a melhor condição corporal forem adquiridos pela corrida, a mulher adulta, que se encontra atarefada e com uma vida repleta de compromissos e responsabilidades, passa a ver a corrida como uma renovação da mente e do corpo.

Com um corpo e mente mais fortes e saudáveis, a mulher se vê mais disposta a realização de suas atividades, além de perceber um melhor desempenho. Esse efeito se deve a melhora do condicionamento aeróbio que oferece uma maior energia ao organismo.

A corrida é capaz ainda por colaborar na prevenção do estresse e certas doenças recorrentes, como diabetes, a osteoporose e doenças cardiovasculares. Há também a redução da gordura corporal, o controle do peso e o fortalecimento dos ossos perceptível.

Corrida na idade avançada

A incidência da osteoporose é bem comum na terceira idade, e atividades de impacto como a corrida atuam diretamente em sua prevenção. A prática de exercícios físicos nessa fase é uma atuação de grande importância contra doenças psicológicas, como a depressão e a ansiedade.

Além disso, essa execução durante a menopausa estimula na conservação da massa óssea e magra. Entretanto, é ainda mais necessário que nas demais faixa etárias, é importante que haja um acompanhamento médico e a sua permissão para a execução saudável e segura da corrida, principalmente para as iniciantes.

Não importa a idade a relevância da prática continua a mesma, mas, se a corrida não for a sua melhor opção, não deixe de praticar uma atividade física, a saúde é prioridade em qualquer fase da vida.

Deixe um comentário