Gols Minas 3 x 3 Orlândia – 5ª Rodada Liga Nacional de Futsal 2016 (16/05/2016)

Gols Minas Tênis Clube 3 x 3 Intelli Futsal – 5ª Rodada Liga Nacional de Futsal 2016 (16/05/2016)

Jogando na Arena Minas, em Belo Horizonte, time paulista consegue igualdade em 3 a 3 após ver rival abrir dois gols de vantagem. Equipes voltam a atuar na próxima sexta

O JOGO

A partida começou a todo vapor com as duas equipes buscando o ataque. Com 20 segundos jogados, o goleiro Bianchini já havia feito uma difícil defesa em finalização de Elisandro, que contou com desvio em Gadeia. Aos três minutos, Thiago serviu Gadeia dentro da área, e o camisa 13 do Orlândia tocou por cima da meta de Bianchini. Aos quatro, o Minas desperdiçou ótima oportunidade para abrir o placar, quando João e Kelson partiram sozinhos em direção ao gol, mas o último passe acabou em cima do goleiro Gian Wolverine.

Aos seis, Kelson arriscou de longe, a bola desviou no meio do caminho e foi morrer no fundo do barbante. Era o primeiro gol do Minas. O Orlândia não se abateu e continuou criando chances. Aos 10, Jackson chutou rasteiro, e Bianchini tirou com o pé. Um minuto depois, Cabreúva desviou de calcanhar dentro da área, e lá estava o goleiro do Minas para salvar novamente. Aos 12, porém, não teve jeito, pois Jackson avançou pela esquerda e chutou cruzado para fazer 1 a 1.

O Orlândia continuou com a posse de bola nos minutos seguintes. Aos 13, Elisandro serviu Cabreúva, que mandou rente ao travessão. A cinco minutos do intervalo, Jackson foi lançado na frente e encheu o pé. A bola explodiu no travessão após leve desvio de Bianchini. As chances desperdiçadas custaram caro à equipe paulista, que acabou levando o segundo aos 17. O autor de gol foi o ex-orlandino Caio, que aproveitou rebote de Gian Wolverine para definir o placar da etapa em 2 a 1 para os donos da casa.

Assim como no primeiro tempo, a etapa final também começou movimentada. Com dois minutos jogados, os dois times já haviam criado pelo menos três situações de perigo. Aos quatro, o árbitro pegou um segundo recuo para Bianchini. Na cobrança, Renan exagerou na força e mandou a bola pela linha de fundo. Aos oito, Elisandro invadiu a área e soltou uma bomba. A bola explodiu no peito de Bianchini e foi se perder pela lateral. Aos nove, o MInas tratou de fazer o terceiro. Após chute de Zequinha, Wolverine deu rebote, e Kelson apareceu para completar para o gol.

Cada vez mais aberto, o Orlândia escapou de levar o quarto aos dez, quando William recebeu na área e bateu por cima da meta. Aos 11, a pressão orlandina finalmente surtiu efeito. Depois de bela jogada individual de Cabreúva, a bola chegou a Jackson, que serviu Thiago, que, sozinho dentro da área, não desperdiçou: 3 a 2. O gol motivou os paulistas, que seguiram em busca do empate. Aos 13, Elisandro mais uma vez parou em Bianchini. O lance foi uma prévia do que viria a seguir, pois, segundos depois, Gadeia avançou sozinho e tocou na saída do goleiro mineiro para empatar a partida e definir o placar em 3 a 3.

ESCALAÇÕES
Minas: Bianchini, Tom, Ciço, William e Caio. Entraram: Lucas, Thomaz, Marcinho, Joãozinho, Kelson, Bruninho, João, Sandrinho e Zequinha. Técnico: Paulinho Cardoso.

Orlândia: Gian Wolverine, Venâncio, Gadeia, Jackson e Elisandro. Entraram: Du, Edson, Cabreúva, Thiago, Lucas e Renan. Técnico: Cidão.

Você pode gostar...

Deixe um comentário