Como Fabricar Cerveja – Garrafa de Vidro Transparente, Verde ou Marrom?

Importa se a garrafa é transparente, verde ou marrom?

Curso Como fazer cerveja Passo a Passo

O vidro marrom evita um defeito sensorial conhecido como light-struck, que pode dar á cerveja um gostinho de gambá. Soa bizarro, mas isso ocorre quando a luz (visível e ultravioleta) provoca reações no lúpulo que resultam em compostos análogos aos presentes na secreção fedorenta produzida pelo animal. As partes azuis e verdes da luz visível são especialmente daninhas para a bebida – e, enquanto as garrafas transparentes e verdes deixam passá-las, as marrons as bloqueiam.

Latinhas também evitam o problema.

Contra o efeito gambá, algumas cervejas embaladas em vidro claro usam extratos de lúpulo modificados quimicamente que não desenvolvem os mesmos aromas desagradáveis. Também ajuda manter as garrafas em caixas. Ou colocar um limãozinho para disfarçar características desagradáveis.

Nem toda deterioração vem do light-struck.

Qualquer cerveja, independente da embalagem, pode apresentar um quê de papelão – sinal de oxidação causada por prazo de validade vencido ou presença de oxigênio no processo e na estocagem. Aroma de sabão indica leveduras em mau estado; de queijo parmesão ou chulé, lúpulo mal conservado; de milho, possível contaminação microbiológica ou mosto pouco fervido. O de manteiga, dado pelo composto químico diacetil formado durante a fermentação, é característico de alguns estilos, mas indesejável na maioria das lager e também pode indicar presença de micróbios intrusos.

Em que temperatura beber?

Depende da cerveja. Estupidamente gelada é a resposta se for àquela industrial comum vendida em qualquer esquina. Mas, se for um rótulo artesanal, com aromas que você quer aproveitar, é melhor subir o termostato.

Veja Também: Como fazer cerveja em Casa

No geral, temperaturas mais baixas destacam carbonatação, secura, amargor e refrescância enquanto as mais altas colocam em evidência características como aroma, sabor, doçura e acidez. A condição ao servir depende um tanto de tradição – os bávaros, por exemplo, gostam de sua cerveja de trigo em torno 10 graus C. Mas, segundo Randy Mosher, no livro Tasting Beer, há um padrão: as fortes devem ser mais quentes que as fracas, as escuras mais quentes que as claras.

Dessa forma, cervejas pilsen e lager leves bem da geladeira (em torno de 4 graus C.) direto para o copo. Outras melhoram se esperarem um pouco em temperatura ambiente ou se forem aquecidas no copo com as mãos.

Veja também: Como fazer cerveja Artesanal Passo a Passo

Como servir a uma boa Cerveja?

Para uma Pilsen, incline o copo a 45 graus e despeje a cerveja lentamente. Vá endireitando o copo aos poucos e termine com ele em pé para formar um colarinho com cerca de dois dedos de altura.

Para uma Weissbier, primeiro molhe com água a parte interna do dopo – isso vai quebar a tensão superficial e facilitar o controle da espuma dessa cerveja altamente carbonata. Incline-o a 45 graus e deixe o liquido escorrer suavemente pelas paredes internas até preencher ¾ do recipiente. Agite a garrafa circularmente para soltar o levedo grudado no fundo, depois sirva a bebida restante. No copo weizen tradicional, de 500ml, o colarinho fica com uns 7 centímetros de altura.

Como guardar?

Ao abrigo da luz (natural ou artificial) e do calor, pois esses são fatores que aceleram a degradação da bebida, assim como agitá-la. O ideal é manter as garrafas e latas dentro da geladeira, em pé, pois nessa posição há menor superfície de contato com o líquido com o ar do recipiente. Evite coloca-las na porta, por causa do movimento constante de abrir e fechar.

Como pedir em outras línguas?

Existe aplicativo de iPhone para resolver o drama que atormenta cervejeiros despreparados em viagens pelo mundo. O app Pivo, em inglês, ensina, com texto e vídeo, como pedir a bebida em 60 línguas. Foi criado por dois britânicos que passaram pela experiência de chegar a um bar de Praga sedentos e sem o mínimo conhecimento do idioma local – pivô quer dizer cerveja em Theco. Outra opção é se preparar um pouco e decorar como pedir a bebida na língua do seu destino de viagem.

É nutritiva? Engorda?

A cervja tem carboidratos, proteínas, vitaminas, minerais e fibras. “Ela não deve ser encarada como terapêutica, mas pode vir associada a um estilo de vida saudável”, diz Rosana Perim, nutricionista com especialização em cardiologia. Como qualquer bebida alcóolica, exige moderação. E, como qualquer bebida alcóolica diminui o risco de problemas cardíacos se consumida em doses diárias comedidas (uma latinha para mulheres, duas para os homens), pois age em fatores como vasodilatação das artérias, viscosidade do sangue e nível de HDL (o colesterol bom). No caso da cerveja, há ainda antioxidantes provenientes do lúpulo, que inibem a formação de radicais livres causadores de danos nas células. Da cevada vêm as vitaminas do complexo B, que auxiliam no funcionamento dos músculos, dos nervos e do cérebro, no metabolismo das gorduras e na manutenção dos tecidos. Outros nutrientes são minerais como cálcio, silício,cromo e potássio, importantes para os ossos e o coração.

Um copo de 200ml de cerveja comum tem 86 calorias, menos do que o mesmo volume de vinho (170 calorias, no tinto). Ela pesa na balança (e na saúde) quando consumida em quantidade. Pior ainda se for acompanhada de petiscos gordurosos e associada a uma rotina sedentária.

Summary
Review Date
Reviewed Item
Como Fazer Cerveja
Author Rating
51star1star1star1star1star